Vai pegar estrada nas férias? Confira dicas imperdíveis para seu carro

0
673
Logo / Detalhe Posto Shell

 

Abastecer o carro e checar os filtros do veículo estão entre os itens necessários antes de pegar a estrada.

As férias escolares chegaram e muitos optam por pegar o carro e viajar. Assegurar que o veículo esteja em boas condições é obrigatório para quem vai passar algumas horas em deslocamento. Por isso, um check-up completo no carro é indispensável.

Se você é uma dessas pessoas que pegará a estrada, é hora de conferir se está tudo em ordem com seu automóvel para garantir a segurança de todos. Para isso, o especialista em combustíveis da Raízen, licenciada da marca Shell, Gilberto Pose, reuniu seis dicas valiosas para ajudar os motoristas. A seguir, todos os itens e situações que devem ser verificadas antes de iniciar sua viagem.

1) Verifique a bateria do veículo

Responsável pelo funcionamento do sistema elétrico do carro, a bateria muitas vezes só é lembrada quando deixa o motorista na mão. Para não ser pego de surpresa, preste atenção aos sinais. Se o seu carro está com problemas para dar partida, a luz dos faróis perde a intensidade ou o aparelho multimídia começa a falhar, são indícios de que está na hora de trocar a bateria. E para evitar a descarga precoce, não esqueça faróis ou multimidia ligados. Cheque regularmente se os cabos estão limpos e bem fixados nos polos. Com o tempo, a oxidação dos componentes forma resíduos que se acumulam nas pontas dos conectores da bateria.

2) Cheque todos os filtros do carro

Todos os carros possuem três filtros básicos: de ar, de óleo e de combustível. O importante é saber que todos esses filtros têm a função de evitar que impurezas entrem no motor e cada um deles tem o seu próprio tempo para troca, mas, em média, duram entre 10 e 15 mil km. Então, é importante verificá-los a cada revisão programada do veículo. Eles são baratos e fáceis de substituir, mas caso não estejam mais adequados para o uso podem causar grandes estragos no motor. Um filtro de combustível vencido, por exemplo, permite que impurezas cheguem ao sistema de injeção provocando falhas e redução do rendimento. Antes de pegar a estrada, cheque com um profissional se os filtros estão ok.

3) Verifique o óleo do motor

É muito importante fazer a troca periódica do óleo do motor, garantindo que as peças estão lubrificadas e impedindo que os componentes metálicos sofram com o atrito, já que este desgaste pode aumentar a temperatura e levar o motor a fundir. Antes de sair circulando, verifique se o nível do óleo do motor está dentro do recomendado pelo fabricante. É fundamental que o óleo do motor também esteja dentro do prazo correto de usabilidade para que todos os componentes permaneçam bem lubrificados, evitando desgaste das peças.

Cada veículo exige um tipo específico de óleo, que pode ser mineral, sintético ou semissintético. Por isso, o consumidor deve consultar o manual do proprietário para saber qual é o mais indicado para seu veículo. Usar um produto inadequado pode reduzir a eficiência do motor e gerar problemas sérios a longo prazo, já que ele não circulará corretamente pelas peças e fará com que funcionem sem a lubrificação adequada por alguns instantes. Portanto, antes de sair de casa, dê uma olhada na vareta de óleo.

4) Garanta que os freios estão funcionando corretamente

O fluido dos freios é um item importantíssimo no sistema de frenagem de qualquer veículo. É ele que transmite a pressão do pedal de freio para as rodas, desacelerando o veículo. Por isso, é fundamental que ele esteja sempre no nível correto.  No entanto, o fluido absorve água ao longo de sua vida útil, que ferve com o calor dos freios, formando bolhas de vapor que danificam todo o sistema de frenagem. Para evitar isso, recomenda-se trocar o produto, em média, a cada dois anos ou conforme a indicação do fabricante.

5) Cheque a calibragem dos pneus

Por estarem em contato direto com o solo, precisam de cuidados especiais. Pneus bem calibrados e com o alinhamento e balanceamento em dia evitam o desgaste irregular e excessivo, além de prolongar sua vida útil e garantir maior eficiência no rolamento, economizando combustível. É importante também prestar atenção no manual do proprietário, que dispõe de uma seção dedicada à calibragem, indispensável na diminuição de desgastes e riscos de acidentes.

6) Abasteça sempre com combustível aditivado

O combustível aditivado tem como principal objetivo promover a limpeza dos resíduos acumulados nas partes internas do motor, proporcionando mais proteção para o motor e, consequentemente, uma redução da manutenção. Além disso, os aditivos reduzem os desgastes das peças móveis do motor.

Mas, para uma limpeza completa, é necessário abastecer entre 4 e 5 tanques com combustível aditivado de qualidade. A nova Shell V-Power, por exemplo, foi desenvolvida com a mesma tecnologia usada pela Scuderia Ferrari, parceira da Shell há 75 anos, e é ideal para qualquer tipo de veículo e perfil de motoristas.

Raízen
Loures Consultoria – Comunicação e Relações Corporativas

ianca.marinho@loures.com.br