Turismo na Bahia vive dias de euforia. O velho normal está quase no ponto

0
126

Foto: Divulgação Setur-Ba.

Maurício Bacelar, secretário de Turismo da Bahia, diz que vivemos um momento de euforia. No que diz respeito ao turismo está tudo bem pertinho de outubro de 2019, o último ano sem pandemia.

Ele conta que o movimento aeroportuário está igual, o consumo de energia ainda 8% abaixo, mas em crescente visível.

— Isso é fruto de muito esforço do governo e do trade turístico, principalmente discutindo as normas de biossegurança e treinando, capacitando o pessoal.

Os sinais positivos da movimentação confirmam a tendência inicial, o turismo interno, já que viajar para o exterior pode ser problema.

Chocolate — Detalhe curioso: a movimentação aeroportuária está na média 1,6% a mais, com alguns disparates. Em Vitória da Conquista ainda está 40% abaixo, a de Porto Seguro 7% a menos, mas a de Ilhéus 40% a mais, um estrondo, segundo Maurício, por mera questão de gosto:

— É a grande procura por Ilhéus, Itacaré e Barra Grande, na Península de Maraú.

E já que na banda litorânea da região cacaueira vai tudo bem, dia 16 próximo Bacelar vai lá para dar o start na reabertura da Estrada do Chocolate, uma rota entre Ilhéus e Uruçuça que inclui passeios por antigas fazendas de cacau, no meio da mata atlântica, com direito a degustar chocolates, sucos, licores e doces da terra.

O conjunto da obra nos induz a acreditar que por cá tudo vai bem. O problema é lá fora

Movimento em restaurantes, bares e salões de beleza cresce

Se pelos ares tudo está indo bem, em terra também. Os consumidores da Bahia estão cada vez mais frequentando bares e restaurantes, segundo dados de consumo da Credicard com base nos gastos dos cartões de crédito da marca.

Os gastos em estabelecimentos do tipo cresceram 17,5% em outubro em relação ao mês anterior, uma tendência de crescimento que vem desde o ano passado – comparando com outubro de 2020, o aumento é de 42%.

Além disso, a Bahia também está aos poucos retomando os padrões de consumo nos cuidados com beleza e bem estar, com um aumento constante ao longo de 2021.

O volume total gasto com salões de beleza, massagem e spa no estado cresceu 130% em relação a outubro de 2020, com um incremento de 10% no consumo entre setembro e outubro deste ano.

Os sinais positivos são frutos da vacina, é óbvio.

Carnaval está mais difícil

A notícia de que a unamidade dos secretários estaduais de saúde é contra a realização do Carnaval 2022 jogou uma ducha de água fria na esperança dos carnavelescos. Um político próximo do governo corrobora a tese.

— Está muito difícil, o cenário internacional conspira forte contra. A Anvisa, a OMS, todos péssimos sinais. Eu apostaria que não teremos.

Fonte: Coluna Levi Vasconcelos –  Jornal A Tarde de 28/11/21

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here