Franceses mostram interesse em destino turístico Cuba

0
485
Paris (Prensa Latina) O Salão Mundial de Turismo de Paris e uma Noite Cubana com a presença de operadores turísticos franceses mostraram esta semana o interesse do público e dos profissionais locais pelo destino de férias oferecido pela ilha.

Sediada no recinto de feiras da Puerta de Versalles, a mostra decorre nesta capital de 17 a 20 de março, e nos seus dois primeiros dias confirmou que a maior das Antilhas pode ser uma opção atractiva para quem está finalmente a planear as suas primeiras viagens da Europa, após dois anos de restrições devido à pandemia de Covid-19.

A conselheira de Turismo da Embaixada de Cuba, Diana Rosa González, disse à Prensa Latina que o evento marcado para domingo reflete o interesse por um destino que vai muito além do sol e da praia, por sua rica cultura e história, e também pelo calor humano de seu povo.

Muitos se aproximaram do estande com planos de viagem, disse a especialista, que viveu momentos semelhantes em Lille e Lyon durante os recentes fóruns de turismo.

Na 45ª Mostra Mundial de Turismo, o público francês participa de palestras nas quais recebe detalhes sobre as atrações que encontrará em Cuba e desfruta de momentos de descontração com uma viagem pela música tradicional e dançante do país caribenho.

“Eu definitivamente quero ir o mais rápido possível, eles me dizem que não posso perder as férias lá”, disse a jovem Delphine em um tom tão certo quanto quase inaudível, devido ao som da música.

Também para Marie, a viagem é um objetivo à vista, embora no caso dela seja repetir na maior das Antilhas uma experiência vivida antes que as más intenções do Covid-19 agitassem violentamente o mundo da chamada indústria sem chaminés.

Antes do início do Salão, a embaixada cubana em Paris sediou uma noite que reuniu vários operadores turísticos franceses, um encontro no qual González apresentou as novidades da reativação do turismo, entre elas a infraestrutura hoteleira e qualidade do serviço.

Em diálogo com a Prensa Latina, os diretores do grupo Le Vacon, Havanatour Paris e Sol Latino destacaram a importância do destino Cuba, que descreveram como autêntico, seguro e rico por sua acolhida cultural, natural e humana. Segundo especialistas, o mercado dá sinais de recuperação gradual após o impacto da pandemia, e pode apresentar decolagem nos próximos meses, com provável retorno à normalidade na temporada que vai de novembro deste ano a abril de 2023.

Falando à noite, o embaixador cubano Otto Vaillant salientou que as perspectivas favoráveis que a ilha tem hoje e o impulso ao turismo internacional são fruto da conquista da ciência cubana para proteger com suas próprias vacinas quase toda a população, incluindo a população entre dois e cinco anos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here