Embaixador da Nova Zelândia no Brasil se encontra com representantes do turismo carioca

0
338

Roberta Werner, diretora-executiva do Rio CVB/VisitRio; Joaquim Monteiro, Cônsul Honorário da Nova Zelândia no Rio; Richard Prendergast, embaixador da Nova Zelândia no Brasil e Carlos Werneck, presidente-executivo do Rio CVB/VisitRio/ Foto: ACorp Eventos

Reunião promovida pelo Rio CVB/VisitRio visa ampliar intercâmbio entre os dois países 

Em sua primeira visita oficial ao Rio de Janeiro, o embaixador da Nova Zelândia no Brasil, Richard Prendergast, se reuniu com representantes do trade turístico carioca em um coquetel no fim da tarde desta quinta-feira (30), no Hotel Vila Santa Teresa. O encontro foi organizado pelo Rio Convention & Visitors Bureau (Rio CVB/VisitRio) e pelo Cônsul Honorário da Nova Zelândia no Rio, Joaquim Monteiro, com o objetivo de promover um intercâmbio de informações e fortalecer as relações entre os dois países.

“O trabalho de promoção do destino realizado pela Nova Zelândia é uma referência para o turismo mundial e a busca por esse diálogo visa aprimorar nossa atuação nessa área, além de estreitar relações e firmar parcerias. O encontro foi muito produtivo. Fomentar esse tipo de relacionamento é estratégico”, disse o presidente-executivo do Rio CVB/VisitRio, Carlos Werneck.

“Brasil e Nova Zelândia têm muitas similaridades, e o espaço turístico é uma das áreas onde essas semelhanças se encontram. Por isso estou aqui, para reenergizar essa relação pós-pandemia e trabalharmos, juntos, para incentivar os brasileiros de volta à Nova Zelândia e os neozelandeses ao Brasil”, comentou Richard Prendergast.

Conhecido mundialmente como cenário de filmes premiados, como a saga “O Senhor dos Anéis”, o pequeno país da Oceania tem conquistado, ao longo dos anos, cada vez mais espaço nas produções cinematográficas e vem se tornando referência no setor de viagens e turismo.

“A Nova Zelândia é um ícone do turismo de aventura e é possível identificar muitas semelhanças com o Brasil, em especial com o Rio de Janeiro, em razão de suas belezas naturais. A Nova Zelândia soube se aproveitar bem desses atrativos e o setor de turismo possui, hoje, participação significativa no PIB do país, o que é uma referência para o Brasil. O encontro foi oportuno ao oferecer um espaço para essa troca de experiências”, pontuou Joaquim Monteiro.

A visita do diplomata ao Rio acontece no contexto da chegada do tour da taça da Copa do Mundo Feminina 2023 à cidade, após passar por nove países. O campeonato será realizado na Austrália e na Nova Zelândia, entre julho e agosto deste ano. A taça esteve em exibição durante os dias 29 e 30, como parte de uma programação articulada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em parceria com as Embaixadas da Nova Zelândia e da Austrália, a Prefeitura do Rio de Janeiro e o Rio CVB/VisitRio.

Roberta Werner, diretora-executiva do Rio CVB/VisitRio; Joaquim Monteiro, Cônsul Honorário da Nova Zelândia no Rio; Richard Prendergast, embaixador da Nova Zelândia no Brasil e Carlos Werneck, presidente-executivo do Rio CVB/VisitRio/ Crédito: ACorp Eventos

Assessoria de Imprensa