Rússia:15 fotos incríveis de Kamtchatka

0
118
Foto: Aleksandr Bichenko
Visitar Kamtchatka é uma aventura com a qual muitas pessoas sonham. A remota península é famosa por seus vulcões, gêiseres e incrível vida selvagem. Esses fotógrafos conseguiram capturar como é estar lá.
  1. Urso com salmão no rio Kambalnaia, Santuário da Vida Selvagem do Sul de Kamtchatka

Os ursos estão entre os habitantes mais “famosos” de Kamtchatka (pelo menos entre os animais terrestres). Os turistas podem admirar e conferir esses perigosos animais selvagens de perto no final do verão, quando os ursos já saborearam muitos peixes, estão com o estômago cheio e não representam ameaça para as pessoas.

  1. Vulcão Mutnovsko, Parque Natural do Sul de Kamtchatka

Dos cerca de 300 vulcões em Kamtchatka, o Mutnovski é um dos mais ativos. O antigo vulcão tem uma estrutura complexa: cercadas por quatro grupos montanhosos em forma de cone, as duas crateras em seu cume, uma embutida na outra, ejetam constantemente jatos de vapor e gás.

  1. Toporok, Reserva Natural de Koriak

O papagaio-do-mar adornado, conhecido como toporok em russo, é outra ave única encontrada na parte norte do Oceano Pacífico. Tem uma característica interessante – antes de decolar, ele acelera para pegar impulso e parece estar correndo sobre a água.

  1. Vulcão Kliutchevskoi, Parque Natural dos Vulcões de Kamtchatka

Aleksandr Bitchenko não é apenas um fotógrafo – ele é um alpinista e mochileiro experiente de Kamtchatka, bem como um dos principais especialistas do departamento de desenvolvimento, turismo e educação ecológica no Parque Natural dos Vulcões de Kamtchatka. Suas lentes capturam os lugares mais bonitos e protegidos da península.

  1. Marmota-preta, Parque Natural do Sul de Kamtchatka

Este animal também é chamado de marmota oriental ou até mesmo de marmota-de-Kamtchatka. Vive na Sibéria Oriental, Iakútia e Kamtchatka, e seu nome se deve à coloração incomum: a mancha preta em seu corpo marrom dá um toque a mais.

  1. Cratera do vulcão Avatchinski com o vulcão Koriakski ao fundo, Parque Natural de Nalitchevo

O vulcão Avatchinski – ou Avatchinskaia Sopka, para usar o termo local para vulcões – é indiscutivelmente um dos mais “populares” de Kamtchatka. É o mais próximo da cidade de Petropavlovsk-Kamtchatski e é relativamente fácil de escalar.

  1. Raposa com o vulcão Kronotski ao fundo, outono, Reserva Natural de Kronotski

Espécie particular de raposa, a ognevka é a mais comum em Kamtchatka. Cerca de 6.000 espécimes de coloração vermelha brilhante vivem na região e, graças ao número reduzido de habitantes humanos, elas têm bastante espaço para circular livremente. As raposas se alimentam de pequenos roedores e pássaros, mas também competem com ursos por salmão.

  1. Cratera do vulcão Goreli, Parque Natural do Sul de Kamtchatka

Sem entrar nos detalhes técnicos da vulcanologia, digamos apenas que Gorelaia Sopka é um vulcão único e um verdadeiro monumento à geologia e à história. A paisagem local é bastante incomum, composta por abundante matéria de erupção sinterizada. Imagine só – o “corpo” atual do vulcão cobre uma área de 150 quilômetros quadrados.

  1. Lontra-do-mar-do-norte, Severni Kalan

As lontras-marinhas habitam as Ilhas Comandante e são consideradas uma espécie rara, com seu número diminuindo a cada dia. Nos séculos passados, esse animal foi ativamente caçado por causa de seu pelo incomumente espesso. Para se manter aquecido nos mares do norte, a natureza o dotou com mais de 100.000 filamentos (pelos) por centímetro quadrado.

  1. Lago Ketatchan, Parque Natural de Bistrinski

Kamtchatka é abundante em lagos de origem vulcânica ou glacial. O Ketatchan está situado perto de um vulcão conhecido como Itchinskaia Sopka. Com cadeias de montanhas como pano de fundo, a vista é simplesmente incrível. A propósito, na língua dos evenques – povo indígena local – Ketatchan significa “salmão Keta pequeno”. Isso porque o salmão Keta e o salmão-vermelho desovam no rio Ketatchan, que nasce a partir do lago.

  1. Arminho, caldeira do Vulcão Uzon

O fotógrafo de natureza Igor Chpilenok tirou um grande número de fotos de animais de Kamtchatka em seu habitat natural. Ele clicou, por exemplo, um arminho em sua pelagem de verão, quando não está todo branco, mas coberto por uma coloração marrom protetora.

  1. Rododendro de Kamtchatka, Vulcão Viliutchinski

O norte não é apenas um local de picos nevados, mas também paisagens de verão com cores incríveis de sua mais variada flora. Este rododendro com botões rosa, que podem ser vistos em países como a Itália, floresce em muitos locais da Rússia, incluindo Kamtchatka.

  1. Rena selvagem, Reserva Natural Federal do Sul de Kamtchatka em homenagem a T. I. Chpilenok

Em 2021, os cientistas conduziram pesquisas genéticas e descobriram que a rena selvagem de Kamtchatka é a maior da Eurásia. Atualmente, apenas cerca de 400 espécimes permanecem na península e preservar a população dessas criaturas é uma das tarefas mais importantes que os cientistas locais enfrentam.

  1. Erupção do vulcão Ploski Tolbatchik

Em 1975, a erupção vulcânica do Tolbatchik foi a primeira na história da ciência russa que os especialistas conseguiram prever com precisão. E ele entrou em erupção várias vezes desde então. Em 2013, jorrou lava e cinzas por vários meses, transformando a paisagem circundante. O centro populacional mais próximo, a 60 km de distância, não foi afetado.

  1. Salmão-vermelho no Lago Kuril

O fotógrafo Mikhail Korosteliov passou mais de um mês observando de perto o salmão-vermelho, uma espécie muito difundida na região e um dos recursos biológicos mais importantes de Kamtchatka. Após a desova, muitos desses peixes acabam nas patas de ursos, mas aqueles que têm a sorte de sobreviver se desenvolvem no lago Kuril e depois nadam ao longo do rio até chegar ao Mar de Okhotsk.

https://br.rbth.com/viagem/86138-15-fotos-incriveis-de-kamtchatka

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here