Ficamos em um dos melhores hotéis de luxo do Brasil – veja como foi!

0
162

Mari Kateivas

Detalhes que te fazem se sentir um hóspede único e especial fariam a diferença na sua hospedagem? Pude experimentar isso ao ficar no Villa do Vale Boutique Hotel e afirmo que sim, ter um atendimento personalizado pode transformar a experiência do estabelecimento. Não à toa, a acomodação foi considerada um dos melhores hotéis de luxo do Brasil e da América Latina. Mas será que tudo são flores e ele realmente vale a pena? Estivemos hospedados no hotel boutique e te contamos nest post como foi a experiência.

Localizado em Blumenau, Santa Catarina, o Villa do Vale é a única hospedagem boutique no Vale Europeu, tipo de acomodação para hóspedes exigentes que não abrem mão de exclusividade, requinte e muito conforto.

Villa do Vale Boutique Hotel, em Blumenau

Um dos melhores hotéis de luxo do Brasil e da América Latina

Quando uma hospedagem é reconhecida como uma das melhores dentre tantas, sempre surge a curiosidade de descobrir: mas será mesmo verdade?

No caso do Villa do Vale, a acomodação recebeu os títulos de 2º melhor hotel de luxo do Brasil e 2º melhor hotel de luxo da América Latina pelo TripAdvisor Best of The Best 2023 – um dos prêmios anuais mais reconhecidos no setor de turismo por ser feito com base nas avaliações dos usuários do site.

Outro medidor justíssimo por ter como base a avaliação do cliente é a nota do hotel no Booking. Na plataforma, o Villa do Vale tem nota 9,8 – mantida desde o primeiro ano de operação (veja aqui as opiniões).

Ficou interessado em conhecer o hotel? Faça sua reserva no Villa do Vale aqui!

Onde fica o Villa do Vale

Villa do Vale, em Blumenau

Se eu fosse escolher como preferido um dos diferenciais do Villa do Vale, sem dúvida, seria a vista panorâmica de Blumenau e a natureza do Parque São Francisco de Assis abraçando a hospedagem. O silêncio do entorno domina o hotel boutique e só costuma ser quebrado pelos sons dos pássaros. Se tiver sorte como eu, de estar hospedado em uma noite de tempo limpo, não hesite em abrir a cortina para poder ser presenteado com o céu estrelado acima da sua sacada.

Blumenau

Blumenau (Foto: Daniel Zimmermann)

O hotel boutique fica no alto da Rua Petrópolis, no Centro de Blumenau. A localização facilita o acesso aos demais atrativos da cidade (famosa pela Oktoberfest) e também ao litoral, por estar cerca de 64 km de Balneário Camboriú e a 59 km do Beto Carrero World, em Penha.

No entanto, é indicado ir de carro até a hospedagem, pois ela fica em um morro nada agradável para subir a pé (eu cansei só de pensar em subir a ladeira debaixo do sol quente de Blumenau, haha).

Como é o Villa do Vale

Se não fossem as elegantes portas verdes com aldravas de leão em dourado, é possível que o hotel passasse despercebido com sua cor em amarelo pastel. Ao chegar na hospedagem, a fachada discreta não impressiona, o que faz aumentar a curiosidade pelo interior do famoso hotel boutique.

Villa do Vale, em Blumenau

Cheguei ao hotel perto da meia-noite, portanto, não dava para ter muita noção do visual externo. No entanto, confesso que a recepção do espaço me surpreendeu no mesmo instante em que o gentil funcionário abriu as portas da hospedagem.

Villa do Vale, em Blumenau

A bela escadaria, detalhes em dourado e móveis em tons verdes, espelhos, plantas e desenhos emoldurados criam um ambiente fino e aconchegante. A composição me fez querer olhar para todos os lados para conhecer a recepção, mas deixei para conferir os cantinhos depois e fui fazer meu check-in.

Após dar entrada na hospedagem, o funcionário fez uma breve apresentação das dependências da propriedade. Com arquitetura clássica contemporânea, em pouco tempo você percebe o requinte e bom gosto por todos os lados.

Villa do Vale, em Blumenau

Uma curiosidade importante é que antes de ser um hotel, parte da estrutura do Villa do Vale era o casarão de uma família tradicional de Blumenau, construído em 1949. Por isso, suas áreas principais, onde o teto é mais baixo, fazem parte da estrutura original. Os quartos, o escritório e a sala de estar da residência foram transformados na área administrativa, nos lavabos e no restaurante Botic, respectivamente. Na área externa, a piscina foi reformada. Nas fotos abaixo dá para ter ideia da transformação do espaço.

Desde o início do Villa, a ideia dos proprietários, Diego e Juliana Tulio, era a de manter o padrão da antiga casa, combinando a arquitetura original com toques atuais. O objetivo era construir o hotel boutique em um espaço que já carregava história e em um lugar único, que permitisse privacidade, contato com a natureza somando à facilidade de estar bem no centro da cidade.

Dentre as características dos hotéis boutiques, uma delas é a exclusividade. O Villa conta com apenas 20 suítes, cada uma com uma decoração única, podendo ser determinada pelo gosto do cliente, como a preferência de cor dependendo da disponibilidade. Nenhuma oferece piscina privativa, mas há suítes que dão acesso direto à piscina do hotel. Outras contam com ofurô na sacada e uma vista da cidade, ou banheiras nos quartos.

Villa do Vale, em Blumenau

Os hóspedes têm ainda à disposição o Spa Life, com tratamentos naturais e sensoriais pagos à parte, a piscina aquecida do hotel, sauna seca, espaço kids, o restaurante Boutic, banheira de hidromassagem na área comum, uma adega, área externa para piquenique e “uma fábrica de mimos”, onde é possível contratar diferentes serviços personalizados.

Com as adaptações necessárias, o casarão no morro se tornou o lugar perfeito para o primeiro hotel boutique do Vale Europeu. Inaugurado em 2018, a hospedagem ficou conhecida por seus prêmios em poucos anos de operação.

O que está incluso na diária do Villa do Vale

O Villa do Vale Boutique Hotel não oferece sistema all inclusive ou pensão completa. No valor da diária está incluso apenas o café da manhã, acesso às áreas comuns e sauna. As demais refeições no Botic Restaurante e consumo do frigobar devem ser pagas à parte. Serviços de personalização para datas especiais também devem ser contratados separadamente, assim como camas extras.

Uma das opções para famílias com crianças é solicitar o serviço extra de barracas infantis

Café da manhã

Para mim, a melhor refeição do dia é o café da manhã. Ela é essencial para um bom dia de trabalho ou de descanso. E ao receber o café do Villa do Vale, percebi que ele também leva esse momento a sério!

Villa do Vale, em Blumenau

São quase 20 opções de pratos quentes e frios, doces e salgados para se deliciar – desde croque monsieur até ovo poché digno de fotografia ao ser partido ao meio. Você pode pedir quantas opções quiser do cardápio e um ovo poché, os quais estão inclusos na diária. Há ainda opções de sucos, chá, vitamina, cafés, iogurtes e espumante para brindar a vida logo cedo.

Uma comodidade que o hotel oferece é a de receber o café da manhã no quarto, jeito privativo e interessante para quem acorda cedinho querendo aproveitar a vista com o nascer do sol ou quer ficar de preguiça na suíte. Para isso, é só acessar o cardápio do café pelo celular (em link enviado pelos funcionários) e escolher os pratos no dia anterior, fazendo o pedido até a 0h. A taxa pelo serviço é de R$ 100.

Villa do Vale, em Blumenau

Como cheguei tarde no hotel, o prazo para solicitar o café da manhã no quarto havia acabado. Mesmo assim, o funcionário foi super solícito e disse que eu podia mandar o pedido direto para ele, para o café da manhã ser servido na suíte. Perto das 1h enviei minhas opções e, pontualmente, recebi meus pratos e bebidas às 7h na porta do quarto.

Villa do Vale, em Blumenau

O funcionário que levou a comida perguntou se eu gostaria de comer na sacada ou dentro do quarto, alertando que a temperatura podia aumentar na parte externa, devido ao sol. Gosto dos raios da manhã e preferi que fosse na sacada, e prontamente ele preparou a mesa. A apresentação de tudo estava belíssima e meu capuccino veio em uma garrafa térmica para não perder temperatura.

Villa do Vale, em Blumenau

Pedi de tudo um pouco e, confesso, me senti mimada comendo ovos poché e benedict, croque monsieur e panquecas com Nutella para começar meu dia! Os sabores estavam suaves e meu pedido preferido foi o croque monsieur de pão brioche, presunto, molho bechamel e queijo mussarela gratinada! O capuccino também estava do jeito que adoro, doce na medida com chocolates derretidos na hora.

Villa do Vale, em Blumenau

Nas duas manhãs seguintes tomei meu café no restaurante, um lugar bastante agradável e que também permite uma bela vista da cidade. Os pedidos pelos pratos quentes e bebidas podem ser feitos aos funcionários, além de contar com um balcão com várias opções de pães, frios, doces, frutas, bolos e sucos.

Villa do Vale, em Blumenau

No primeiro dia meus pratos foram servidos em poucos minutos, mas no segundo houve uma demora maior. Por contar que receberia os pedidos rapidamente como no dia anterior, a espera atrapalhou um pouco minha programação matinal. De todo modo, no fim deu tudo certo e consegui experimentar quase tudo do café da manhã – super aprovado diga-se de passagem!

Tudo é preparado com muito capricho, bons ingredientes e os diferentes preparos de ovos são realmente diferenciais no hotel boutique, pois não são comuns de se encontrar em outras hospedagens.

Meu destaque pessoal fica para o bolinho red velvet com cream cheese e a tapioca com Linguiça Blumenau. Moradores e turistas que quiserem aproveitar o café da manhã, podem saborear a refeição sem estar hospedado. O valor é de R$ 110.

Restaurante e bar

Villa do Vale, em Blumenau

O visual do Botic Restaurante e Bar é uma atração à parte do Villa do Vale. Desde a entrada se nota a fineza do lugar. Parte do espaço conta com vidros do chão ao teto, compondo um visual lindo integrado à paisagem. Os móveis clássicos e os detalhes em verde deixam o ambiente acolhedor e elegante.

Pratos à la carte são servidos no almoço e jantar para hóspedes e visitantes, com valores que variam conforme os pratos. Há opções de entradas, pratos principais e sobremesas. Veja aqui os cardápios.

Como meu almoço foi reservado antecipadamente, meu nome foi escrito à mão em uma folha colocada ao lado do meu prato. Achei super fofo e cuidadoso. Outro detalhe é que o cardápio é apresentado como um check list, ou seja, você marca o que quer e entrega ao garçom. Se tiver alguma dúvida, claro, é só perguntar, mas achei extremamente eficiente o formato para fazer o pedido, sem riscos de erros na hora da anotação.

Villa do Vale, em Blumenau

Na entrada pedi um carpaccio com creme de alcaparras, flor de sal, mini folhas e castanhas brasileiras (R$ 42); como prato principal comi mignon com gnocchi de mandioquinha, fonduta de queijo e roti (R$ 82) e na sobremesa, minha escolha foi mousse de chocolate 70% com licor baileys (R$ 32). Tudo estava delicioso e bem apresentado. Minha carne veio no ponto certo e os sabores estavam bem equilibrados. Trocaria apenas a sobremesa, pois achei o licor muito forte. Os preços dos pratos são os mesmos para hóspedes ou não.

Villa do Vale, em Blumenau

Bem ao lado das mesas do restaurante está o espaço voltado ao bar do hotel, onde há várias bebidas, drinks tradicionais e autorais (todos podem ser pedidos no quarto também). O espaço ainda abriga uma bela adega com cofre histórico da residência. Encontrado na propriedade e restaurado, ele precisou de oito pessoas para ser carregado. Um dos ambientes também conta com paredes de vidro que permitem olhar a natureza ao redor do hotel.

Dependendo da época da sua hospedagem ou passagem por Blumenau, é possível ainda experimentar cardápios exclusivos elaborados pelo chef Bertolazzi Amici e convidados. Quando estive lá, jantei em uma das noites com o menu de cinco tempos preparado por ele e o chef Ricardo Dornelles. É uma experiência diferente e interessante para quem aprecia gastronomia autoral (e é fã de chefs famosos). Por ter espaço limitado, é preciso agendar esse tipo de jantar com antecedência e consultar os valores no Botic.

Dentro do Botic restaurante também há uma brinquedoteca, incluindo jogos de tabuleiros e videogames. As programações para adultos e crianças são esporádicas, de acordo com as datas comemorativas anuais, portanto, consulte antes se haverá alguma atividade de recreação na data da sua hospedagem.

Atendimento

Como um todo, dá para ver que os detalhes são pensados para fazer o hóspede se sentir especial. O foco na experiência é a principal preocupação dos donos do Villa do Valle. O casal já visitou mais de 150 hotéis pelo mundo e sempre busca referências para oferecer um serviço diferenciado no hotel boutique.

Sem dúvida, o atendimento é a alma do Villa do Vale. A preocupação em fazer o hóspede se sentir bem é nítida, principalmente pela personalização do atendimento que começa antes mesmo da hospedagem.

Acho que o que mais me surpreendeu no atendimento foi o formulário pré check-in. Dias antes de ir ao hotel, recebi uma mensagem da guest relations do Villa do Vale. Ela se apresentou e disse que seria responsável pela personalização da minha hospedagem.

De um jeito informal na medida, eles passam informações sobre a estadia e enviam o link de um vídeo em que a própria dona do hotel, Juliana Tulio, conta um pouco sobre o lugar e seus serviços. Fica muito claro que a equipe de concierge estará sempre disposta a nos atender, inclusive para cuidar de restrições alimentares do hóspede ou da data especial que é motivo da hospedagem.

O formulário conta com várias perguntas pessoais, desde cor preferida, estilo de música que mais gosta e até série favorita. Todos esses detalhes serão usados na personalização da estadia, por isso, é bem legal preencher se você gosta de mimos com a sua cara.

Dias depois, ao chegar no Villa, fui recebida gentilmente pelo funcionário que me deu inúmeras dicas sobre a cidade e seus atrativos. Era perto da meia-noite e, mesmo assim, ele não mediu esforços ao me contar sobre Blumenau e o que a região oferece, inclusive indicando lugares para lazer e gastronomia. Também me passou todas as orientações sobre o hotel, como horários de serviços. Além disso, me perguntou se eu gostaria de beber alguma coisa. Como estava tarde, pedi apenas por uma água. Mas no dia seguinte vi hóspedes chegando e recebendo suas taças de espumante de boas-vindas!

Na sequência, o funcionário carregou minha mala e me acompanhou até o quarto, indicando que estaria à disposição para o que fosse necessário. Assim que abri a porta do quarto fiquei encantada com o mimo que recebi, com direito a uma fotografia minha e docinhos sobre a cama (eu havia indicado no formulário que amo chocolates e recebi quadradinhos de Lindt).

Villa do Vale, em Blumenau

Além disso, havia um cartão super fofo escrito à mão me dando as boas-vindas! E detalhe, a TV estava ligada na estação de música, tocando o gênero que tinha colocado como preferido no pré check-in. Sim, eu me senti abraçada com essa recepção! Um colega meu se hospedou com o namorado e eles receberam, nessa recepção, uma foto juntos super fofa, inclusive, com recortes indicando a série preferida.

Apesar de ter ficado pouco no hotel, pois estava viajando a trabalho e passava a maior parte do tempo fora, a todo momento os funcionários foram solícitos e gentis, desde a recepção até o restaurante.

Outro detalhe interessante é o serviço de “boa noite” do hotel. Depois do hóspede sair para jantar ou passear, ele encontra o quarto preparado para dormir. Na minha segunda noite no Villa do Vale fiquei bem contente ao voltar para o quarto após a janta e encontrar tudo organizado, com as cortinas e blackout fechados, a água de cortesia reposta e um recadinho indicando a previsão do tempo do dia seguinte junto de um brigadeiro. Achei um mimo bem fofo e o ambiente acolhedor para uma ótima noite de sono.

Serviço de Boa Noite não ocorreu na última noite da hospedagem

O problema é que na noite seguinte esqueceram o meu quarto no serviço de “boa noite” (mesmo sem eu ter colocado nenhum indicativo na porta, como “não perturbe”). Até perguntei para os meus colegas se os funcionários também não haviam passado no quarto deles, mas responderam que ocorreu tudo normal na suíte deles. Portanto, fui esquecida mesmo e achei bem decepcionante. Afinal, depois que a gente recebe um tipo de atendimento, cria a expectativa para ter essa experiência novamente, né? No entanto, não foi o que aconteceu, infelizmente.

Os quartos do Villa do Vale

Por ser um hotel boutique, o Villa do Vale tem apenas 20 suítes e cada uma tem sua própria decoração. Os quartos contam com cores e temáticas diferentes, mas sempre preservando os móveis clássicos contemporâneos. Com vários pontos de luz, as suítes são bem confortáveis. Os tamanhos de cada acomodação variam, conforme a categoria.

A mais simples das acomodações é a Prestigie, com 32 metros quadrados. Eu fiquei no quarto Prestigie com ofurô, que apesar de ter o mesmo tamanho dos demais da categoria, oferece a banheira na sacada com vista para a cidade – quem quiser pode baixar os toldos disponíveis para ter mais privacidade. Há ainda quartos com mesa de trabalho, mas no meu não havia.

A suíte onde me hospedei era a Ônix. Com decoração em preto e detalhes em dourado, achei bem elegante. A iluminação era suave e deixava o ambiente relaxante.

O quarto tinha uma cama king size, quatro travesseiros na cama e mais dois extras no armário, uma smart TV de 43 polegadas, um mini-bar com algumas opções de bebidas, ar-condicionado e um espelho grande, de corpo inteiro. A roupa de cama era da Trussardi, em algodão egípcio 300 fios, para deixar tudo ainda mais confortável.

No banheiro havia um espelho pequeno de maquiagem. Apesar dele ter um botão e ser daqueles que acendem, ele não estava funcionando, então acabei preferindo usar o espelho maior da pia. Com certeza meu destaque vai para a ducha! Parece bobagem, mas ela era simplesmente maravilhosa, na pressão e força na medida para tornar o banho muito relaxante.

As amenidades eram básicas, apenas shampoo, condicionador e sabonete de mão, todos disponíveis em locais fixos como refís. O legal é que eles eram da marca Phytoervas, muito boa e com perfume agradável, além disso, havia creme corporal. A diária também oferecia roupão e chinelos (para serem usados no quarto), além de sal e mousse de banho para o ofurô. O serviço da limpeza foi impecável em todos os dias. O guarda-roupa contava com alguns cabides e cofre.

Villa do Vale, em Blumenau

Um ponto negativo que encontrei no quarto é que a minha tomada ao lado da cabiceira não estava funcionando. Abaixo dos botões do blackout até existe uma entrada USB, mas meu cabo do carregador não tinha a mesma entrada e não resolvia a situação. Com isso, precisei tirar o abajur da tomada e ficar sem a iluminação do lado em que estava o celular, para poder usar a entrada com meu carregador. Considerando que a gente não fica sem celular e é sempre bom ter uma luz amena para acender quando levantamos durante à noite, ter que fazer essa adaptação para conseguir carregar o aparelho reduziu um pouco de conforto.

Apesar de nenhum quarto ter piscina privativa, a suíte pool fica no térreo e dá acesso direto à piscina do hotel, que é aquecida. Há ainda a suíte pool com banheira, e a suíte pool flat com banheira de hidromassagem (para até 4 pessoas) na varanda privativa e uma cozinha para quem gosta de cozinhar em momentos de descanso.

Villa do Vale, em Blumenau

Após essas categorias, o hotel oferece as melhores suítes: Grande Prestige, Safire e Marine. Ambas são completas, amplas e belíssimas. Dentre todas as opções, como era de se esperar, a melhor acomodação é a incrível suíte Presidencial, com seus 100 metros quadrados e banheira privativa com vista da cidade.

As suítes não têm camas extras, portanto, o hóspede precisa pagar para adicionar camas ou barracas infantis em caso de famílias com crianças. Devido ao espaço dos quartos, o hotel recomenda que pais com filhos reservem a suíte presidencial, por conseguir acomodar mais crianças e ter antessala com televisão; a suíte pool flat, que recebe até duas camas extras e, além disso, pode ser conjugada com a suíte esmeralda para aumentar o número de leitos; e as suítes safire e marine, que conseguem receber de duas a três camas extras.

Barracas infantis podem ser colocadas nos quartos

Piscina e hidromassagem

Com ofurôs e banheiras na maioria dos quartos, a área comum de lazer não é das maiores e, mesmo assim, atende bem as necessidades do hóspede. A piscina é aquecida durante o ano todo e o espaço tem várias cadeiras de praia disponíveis a quem quiser tomar sol. Para usar a sauna seca o hóspede não precisa pagar nenhum extra, mas deve avisar o concierge com antecedência. A aérea externa ainda conta com uma banheira de hidromassagem, que pode ser aproveitada enquanto toma um drink clássico ou autoral do bar do hotel.

Villa do Vale, em Blumenau

Academia

Apesar de pequena, a academia do hotel atende bem as necessidades de quem quer descansar sem perder o foco das atividades físicas. Algo bem interessante é que há uma porta extra entre a academia e os quartos do térreo, assim os hóspedes podem se exercitar sem se preocupar em fazer barulho e os que querem continuar dormindo não serão incomodados. Cercada de vidro, a vista da academia é da área de lazer do hotel.

Spa Villa do Vale

Villa do Vale, em Blumenau

Se quiser relaxar para além da piscina ou ofurô, o Spa Life do Villa do Vale oferece diferentes tratamentos com produtos naturais. Os serviços são ofertados aos hóspedes e público externo.

Para entrar no clima de paz e calmaria, antes mesmo de começar as massagens vão te oferecer algumas opções de chá. Eu escolhi de hortelã e já fui me preparando para ficar off pelas próximas quase duas horas.

Durante a minha hospedagem, fiz uma sessão com técnicas de Garshana, toques com leve esfoliação e luvas de seda; de Thai Herbal, feita com uma trouxinha com ervas e produtos vegetais pressionada sobre o corpo; e de Kobido, massagem para estimular a face. Um dos procedimentos me chamou bastante a atenção, pois era feito com pequenos globos gelados no rosto – que permitem uma sensação diferente e refrescante ao mesmo tempo.

Se estiver em dúvida de qual tratamento fazer, fique tranquilo. As funcionárias do spa são muito gentis e vão te explicar como funciona cada procedimento para você ter certeza que vai escolher o que mais lhe agrada. Inclusive, é possível fazer um day spa, que oferece quatro horas de relaxamento. Os preços das massagens variam entre R$ 180 (30 minutos) a R$ 490 (2 horas), e R$ 990 para o day spa de 4 horas.

Atividades e experiências oferecidas no Villa do Vale

Café da manhã no quarto, piquenique romântico ou divertido durante o pôr do sol, pacote de noivas, e a sessão cinema são alguns dos serviços que podem ser contratados no hotel.

Piquenique para duas pessoas (R$ 250)

Quem quiser uma decoração especial e comemorativa no quarto também pode acionar a “fábrica de mimos” para escolher como preparar a melhor surpresa. Alguns hóspedes, por exemplo, acionam esse tipo de serviço para preparar pedidos de casamento ou experiências de aniversário (veja as opções aqui). Os valores variam bastante, conforme o que for solicitado.

Villa do Vale

Jantar privativo com pedido de casamento pode ser contratado por R$ 1.800

Para quem é o Villa do Vale

O Villa do Vale Boutique Hotel é a acomodação ideal para quem quer alguns dias de descanso com muito conforto e requinte enquanto aproveita o máximo da hospedagem. Apesar de não ser all inclusive, ele tem toda a infraestrutura necessária para o hóspede ficar tranquilo, tendo todo tipo de serviço à disposição.

Além daqueles que viajam a trabalho e procuram pela acomodação, a exclusividade do hotel permite que ele seja escolhido para comemorar uma data especial, como aniversário de casamento ou de namoro, portanto, é uma hospedagem perfeita para casais que querem curtir o momento a dois.

Quanto custa se hospedar no Villa do Vale

O título de 2º Melhor Hotel de Luxo do Brasil já faz a gente suspeitar que a hospedagem não é das mais baratas. No entanto, vale mencionar que as acomodações mais simples não são das mais caras, considerando o título dele.

Até março deste ano, as suítes mais simples custavam menos de R$ 900. Agora, em maio, encontramos no Booking a partir de R$ 1.200. Os valores sobem a depender da suíte. Quanto maior, mais cara será. A presidencial, por exemplo, passa de R$ 3.600. Ah! E se você pensar em fazer reserva em períodos de alta demanda, como na Oktoberfest, é bom se antecipar, pois são poucos quartos.

Uma das opções que vale a pena é o pacote Jante e Fique. Ofertado todos os dias, ele inclui o jantar no Botic Restaurante e Bar (com menu pré-definido) e a hospedagem. O valor na suíte Prestige é a partir de R$ 1.640 e na Presidencial a partir de R$ 3.740.

Nossa avaliação do Villa do Vale

Dormi três noites no Villa do Vale e tive a clareza de que o lugar é super indicado para datas especiais, justamente por oferecer experiências personalizáveis. E, acima de tudo, para quem quer se sentir “mimado” e notado, como um hóspede especial mesmo. Os detalhes e atendimento são focados para oferecer uma hospedagem intimista e exclusiva.

Não tenho dúvida que a hospedagem é muito boa, de alto padrão e que atenda aos clientes mais exigentes. Destaco alguns pontos que avalio como positivos e outros que merecem atenção, para você decidir se vale a pena se hospedar no Villa do vale.

Villa do Vale, em Blumenau

O atendimento é realmente o principal diferencial do hotel. Os funcionários são muito atenciosos e simpáticos. E os detalhes personalizados realmente fizeram me sentir importante como hóspede, principalmente o pré-check-in e a recepção no quarto. O fato de ser um hotel boutique com poucas suítes e cada uma com decoração diferente também dá essa sensação de exclusividade.

Outro ponto foi a limpeza, que era excelente. A água no quarto como cortesia também é um cuidado acolhedor. Algo que gostei demais foi poder ficar cercado pela natureza, com o silêncio da mata durante a noite, poder ver as estrelas e tudo isso em uma cidade bem urbana como Blumenau. Além disso, a vista da varanda é encantadora – apesar de haver suítes melhores, eu não trocaria elas pelos quartos com vista.

Villa do Vale, em Blumenau

O café da manhã no quarto é um conforto a mais, é claro. No entanto, achei que o café da manhã no restaurante fica mais gostoso, por chegar mais quentinho. O ponto a se considerar é que você vai precisar esperar pelo seu pedido, enquanto quando ele é servido no quarto, a refeição chegará no horário determinado. As opções oferecidas no café da manhã também são bem interessantes, pois são diferentes das que a gente costuma encontrar nos cafés inclusos nas diárias.

Poder contar com um restaurante no hotel que preza pela qualidade dos pratos também é uma vantagem, e as refeições podem ser servidas até as 22h. De todo modo, você precisa considerar esses gastos extras durante a hospedagem, já que o serviço não é all inclusive.

Agora, vamos aos pontos que merecem mais atenção. O fato de eu ter que ficar sem o abajur para conseguir usar a tomada ao lado da cama é um ponto a se considerar. É só um detalhe, mas justamente pela hospedagem se preocupar com os detalhes, esse foi um ponto que influenciou na comodidade.

Outra questão é que em uma noite eu recebi a visita dos funcionários para preparar o quarto, com o blackout e um bilhetinho. Mas na outra noite, acho que esqueceram e não passaram pelo meu quarto. Eu estava esperando por isso, por ser algo acolhedor, né? Então acabou sendo frustrante não encontrar o mesmo cuidado no dia seguinte.

Como eu disse, são pontos a serem levados em consideração, mas que, no geral, não impactaram tanto na minha experiência do Villa do Vale Boutique Hotel.

Villa do Vale, em Blumenau

Se procura um hotel de luxo, não tenha dúvida de que a hospedagem atenderá suas exigências de qualidade. Escolheria facilmente o hotel para o meu aniversário de casamento, passando o dia todo no quarto em um período mais friozinho – e com tudo que tenho direito, inclusive, aproveitando o Botic Restaurante e Bar com o meu marido. Espero poder voltar à Blumenau para aproveitar as cervejas locais e a hospedagem no hotel boutique.

* A jornalista ficou hospedada no Villa do Vale Boutique Hotel a convite da hospedagem