Conheça os novos aviões dos voos regionais da Azul: só 9 passageiros e espaço generoso

0
552

Melhores Destinos – Após apresentar no mês passado o novíssimo Airbus A350, o maior e mais moderno avião de sua frota, a Azul recebeu nessa semana no Aeroporto de Jundiaí, interior de São Paulo, mais um modelo EX da aeronave Cessna Gran Caravan, que vai fazer os voos regionais pela Azul Conecta.

Até o final do ano, a companhia aérea vai contar com 10 novos modelos do avião, somando 27 aeronaves de 9 lugares da Azul Conecta, que realiza hoje cerca de 80 voos diários para 65 cidades brasileiras – e esse número deve aumentar até dezembro.

Cessna Gran Caravan

Apesar de pequeno, o avião turboélice monomotor surpreende pelo espaço interno. São apenas 9 poltronas para os passageiros, mais o piloto e copiloto. E se em um avião grande comercial muita gente tem curiosidade de conhecer o cockpit, aqui qualquer um vai poder ver o piloto trabalhando.

Pelo tamanho, já dá para imaginar que o avião não vai ter alguns ‘itens’ básicos que encontramos em outras rotas da Azul, como um banheiro. Mas como os voos no geral são de curta duração, isso acaba não sendo um problema – e os passageiros, obviamente, já sabem disso antes do embarque.

Dentro do avião, o espaço para as pernas é realmente generoso – dá para esticar ou cruzar as pernas sem problemas. As poltronas também são confortáveis e há ar-condicionado. Única coisa ruim é entrar e sair da aeronave – como é uma aeronave baixa, precisamos nos abaixar um pouco.

O espaço para as pernas é bastante amplo

Os passageiros podem levar até duas bagagens – a bagagem de mão vai no compartimento interno que fica no fundo do avião, com capacidade para até 140 kg; a ‘despachada’ vai no bagageiro abaixo, onde cabem até 490 kg.

As bagagens de mão vão no fundo do avião

As rotas da Azul Conecta

Quem vê o avião de 9 lugares deve imaginar que ele sempre voa cheio, mas não é bem isso que acontece. Segundo Flávio Costa, diretor presidente da Azul Conecta, a média de ocupação é entre 60 e 65%. “No Sul e Sudeste é um pouco menos, porque temos uma malha maior da Azul”, explica.

Nas últimas semanas, a Azul Conecta tem expandido suas viagens e, de acordo com o diretor, indo para muitos lugares onde antes era mais difícil chegar de avião. Mas há também rotas novas conhecidas, como a ponte aérea Rio-São Paulo. No caso, a novidade está no aeroporto do Rio de Janeiro, Jacarepaguá – os voos entre Congonhas e Jacarepaguá começam no fim deste mês. Atualmente a Azul Conecta está em 65 cidades do país, fazendo cerca de 80 voos por dia.

Confira também:

 

 

A capacidade de voo do Cessna Gran Caravan é de 5 horas, e a velocidade média do avião é 320 km/h. Apesar de pode navegar até 7 horas em regime mais econômico, a ideia da Azul Conecta é realmente fazer viagens curtas – e, na falta de um banheiro, realmente não é uma boa ficar tanto tempo voando.

Quer conhecer mais sobre a Azul Conecta? Confira o vídeo abaixo:

 

 


Você já viajou com a Azul Conecta? Diz aqui nos comentários como foi a sua experiência!