Companhia aérea da Europa vai abrir filial para voar no Brasil – contratações de funcionários já estão abertas!

0
653

Mari Kateivas

Melhores Destinos – Vem novidade por aí no setor de aviação! O Brasil ganhará mais uma empresa do ramo: a Avion Express. O anúncio foi dado pelo CEO da organização, Darius Kajokas, juntamente com a divulgação de algumas vagas em aberto para a filial brasileira.

A empresa terá base em São Paulo com aeronaves Airbus A320, ofertando voos de carga e passageiros. Entretanto, é importante dizer que diferentemente das principais companhias aéreas brasileiras, a Avion Express oferece voos charter (voos fretados), além de serviços de Aeronave, Tripulação, Manutenção e Seguro (ACMI, da sigla em inglês).

Isso significa que ela oferta diversos serviços diretamente para as companhias aéreas. Na prática, a Avion ajuda nas operações de outras empresas de aviação, essencialmente para cobrir rotas diante de problemas operacionais, falta de aeronaves ou de funcionários.

Para ficar mais claro, ela é definida como uma “companhia aérea para as companhias aéreas e operadoras de turismo”. Uma das clientes da empresa, por exemplo, é a Avianca.

Para a abertura da empresa em solo brasileiro, há vagas para profissionais experientes nas funções de Chief Operations Officer (COO) e Chief Technical Officer (CTO) para exercer os cargos de chefia nas áreas operacional, de voo e de manutenção.

Detalhes sobre a frota e início das operações não foram divulgados pela empresa até o momento.

“Companhia aérea das companhias aéreas”

Com sede na Lituânia, a operadora de voos faz parte do grupo Avia Solutions, um dos maiores grupos aeronáuticos do planeta. Para ter ideia, o conglomerado que a empresa faz parte tem mais de 2 mil clientes pelo mundo. Veja mais aqui.

A empresa opera em todo o mundo e tem uma companhia aérea subsidiária em Malta.

O que diz a Anac

Procurada pelo Melhores Destinos, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que Avion chegou a manifestar interesse para obter o Certificado de Operador Aéreo (COA) – necessário para o uso de aeronaves para fins comerciais. No entanto, não houve uma formalização de pedido de certificação até o momento.

“Destacamos que a certificação é um processo em que são observados vários requisitos técnicos e operacionais estabelecidos pelos regulamentos da Anac, com base em normativos internacionais. Para começar a voar, a empresa precisa desenvolver um pacote de certificação, com os documentos, manuais e programas que são analisados e passam por aprovação individual pela Agência.
Posteriormente, a Anac realiza uma série de inspeções e demonstrações, que inclui inspeção das bases de operações e de manutenção, avaliação dos treinamentos e realização de voos de avaliação operacional. Apenas após ser aprovada em todo esse processo, a empresa poderá comercializar operações aéreas”, explicou a agência sobre o procedimento.