20 fotos incríveis da vida selvagem russa

0
169
Todos os anos, o festival de natureza Rússia Intocada exibe as fotos mais extraordinárias da flora e fauna do país.
  1. Evguêni Andreiev. Lago cipreste

O incrível lago Sukko, perto de Anapa, no sul da Rússia, é uma atração turística popular. No outono, as árvores ganham tons de vermelho, fazendo com que a área se assemelhe a uma floresta de fadas. Veja mais fotos aqui.

  1. Vladímir Anikeiev. Gato selvagem

Existem oito espécies de felinos selvagens na Rússia: desde o tigre-de-Amur e o gato-de-pallas até este gato de estepe. É raro até mesmo para um fotógrafo experiente se deparar com um desses. Leia mais sobre os gatos selvagens da Rússia aqui.

  1. Andrei Balta. A estrela

O fotógrafo Andrei Balta encontrou esta estrela-do-mar-girassol, ou Pycnopodia, no mundo subaquático perto da Ilha Moneron, não muito distante da Ilha Sacalina. Tem cerca de 80 cm de diâmetro e pode se mover surpreendentemente rápido.

  1. Olga Vasik. Pôr do sol sobre um lago termocástico

Existem muitos lagos termocásticos na Rússia. Esses reservatórios de água incomuns são formados em zonas de permafrost como resultado do degelo e da subsidência do solo. Leia aqui sobre os lagos mais profundos da Rússia.

  1. Igor Vlasov. Ganso-de-peito-vermelho

O ganso-de-peito-vermelho é endêmico da Rússia, o que significa que só existe no país. É uma espécie rara de ganso, que faz ninho na Península de Taimir e em outros pontos da tundra russa e voa para o sul nos invernos – para as áreas dos mares Negro e Cáspio. Leia aqui sobre outros animais encontrados apenas na Rússia.

  1. Nikolai Gernet. O sonho de Umka

‘Umka’ é um personagem e título de um filme de animação soviético sobre um filhote de urso polar e sua mãe ursa. A música do desenho animado  ‘Canção de ninar do Urso’ se tornou muito popular, tanto é que o urso polar começou a ser erroneamente percebido como uma criatura fofa em todos os cantos do país – mas, é claro, esse não é o caso. Eis aqui algumas dicas de como se comportar se você, por acaso, encontrar ursos polares no caminho.

  1. Dmítri Golubev. Trópicos da zona intermediária

A Rússia possui quatro zonas climáticas, desde a zona polar no norte do país até a subtropical no sul. Leia sobre os lugares mais quentes da Rússia aqui e como as pessoas vivem nos lugares mais frios, com temperaturas tão baixas quanto -50°C, aqui.

  1. Vitáli Gorchkov. Boi-almiscarado

Vitáli Gorchkov tira muitas fotos de animais selvagens: bisões, morsas, ursos polares e raposas-do-Ártico. Mas, até mesmo para ele, foi uma verdadeira conquista capturar com as lentes esses bois-almiscarados, contemporâneos dos mamutes, na península de Taimir. E olha que esses animais são imprevisíveis: “Eles podem fugir assim que veem um humano, ou sequer dão bola para ele”, disse Gorshkov sobre a foto (link em russo).

  1. Andrei Gratchev. Cordilheira Dusse-Alin

Esta cordilheira no Extremo Oriente da Rússia é uma das maravilhas naturais do território de Khabarovsk. Há lugares lindos e únicos na região, incluindo rios, falésias e cachoeiras. E graças à dificuldade de acessá-lo, este lugar conseguiu preservar sua beleza intocada. Leia aqui sobre os lugares mais remotos da Rússia.

  1. Valéria Zvereva. Libélula e formiga

Valéria Zvereva é uma fotógrafa premiada e famosa por seus incríveis cliques do micromundo que o olho humano não consegue ver (você é capaz de identificar a formiga?).

  1. Dmítri Ivanov. Florestas douradas

Dmítri Ivanov costuma tirar fotos de florestas e reservas naturais – em suas lentes, a natureza ganha vida na geada da manhã, na luz mágica do pôr do sol ou mesmo no nevoeiro misterioso. Leia aqui sobre os parques naturais da Rússia que valem a pena visitar.

  1. Mikhail Kaminski. Bonsai na praia de Tsarski com vista para o Cabo Kaptchik

O mirante próximo a este bonsai é um dos marcos da Crimeia. Este lugar impressionante está situado na vila Novi Svet, perto da cidade de Sudak. Leia mais sobre lugares na Crimeia que você definitivamente deve visitar.

  1. Serguêi Karpukhin. Cume dos montes Tcherski

Comparável em tamanho ao Cáucaso, esta cordilheira na Iakútia foi explorada e mapeada apenas em 1927. Confira aqui outras fotos da Iakútia pelo olhar de um fotógrafo local.

  1. Oleg Panteleev. Bisão-europeu 

Oleg Panteleev é um dos organizadores do festival Rússia Intocada e presidente da União Russa de Fotógrafos da Natureza. Sua verdadeira paixão sempre foi clicar animais: ele já tirou fotos de animais indescritíveis, como ursos, lobos, javalis e perdizes – e capturou todos os tipos de animais com sua lente, incluindo os poderosos zubrs, ou bisões-europeus.

  1. Victor Tiakht. Aqui estou

Tiakht chegou duas vezes às finais da prestigiosa competição Wildlife Photographer of the Year. Ele gosta sobretudo de clicar pequenos pássaros, mas também conseguiu tirar fotos únicas de animais raros nas montanhas de Altai, Calmúquia e em outros lugares da Rússia.

  1. Olesia Fedoseienkova. As flores do Cáucaso

O Cáucaso russo surpreende com sua diversidade e beleza. Esta foto foi tirada no lago Gitche-Kel, na República de Karatchai-Tcherkéssia. Dê uma olhada e leia sobre os outros lugares incríveis nesta área montanhosa aqui.

  1. Aleksêi Kharitonov. Falésias brancas

Essas rochas pitorescas foram formadas como resultado de uma explosão vulcânica em Iturup, a maior ilha das Curilas. Para completar a paisagem, há uma praia de quartzo e areia vulcânica.

  1. Aleksêi Kharitonov. Pilhas do mar (pilares) na Baía Dourada

Outro lugar incrível na ilha de Iturup são as rochas em forma de cone chamadas ‘pilhas do mar’,  que ficam na costa. Este é um verdadeiro cartão postal do Extremo Oriente russo.

  1. Aleksêi Kharitonov. Olho de peixe do rio Stalnaia

Tal “olho de peixe” foi capturado no lago salgado da Crimeia, mais precisamente no ponto onde o rio Stalnaia deságua na Baía de Sivach. No verão, a água quase seca por completo, restando apenas alguns pequenos lagos independentes.

  1. Aleksêi Chaskolski. “Estou farto de você, urso”

O fotógrafo Aleksêi Chaskolski tira fotos de ursos, o principal animal da Rússia e o “senhor” da taiga. Ele até publicou um livro chamado ‘Bear Corners of the Planet’, no qual detalhou suas observações sobre ursos. “O urso é um animal fascinante, mas aviso: é muito perigoso. Se você se empolgar em fotografar essa maravilha peluda, cairá nas garras de um vício irresistível por seu charme formidável”, escreveu Chaskolski. (link em russo)

https://br.rbth.com/estilo-de-vida/86549-20-fotos-incriveis-da-vida-selvagem-russa

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here