Turismo é promovido na rota Garífuna em Honduras

0
209

Tegucigalpa (Prensa Latina) A rota Garífuna em Honduras foi declarada um programa permanente de passeios turísticos para promover a indústria do lazer nos municípios da costa atlântica, confirmaram  os meios de comunicação locais.

Uma reportagem do Canal 8 de televisão refere que a oficialização do percurso visa valorizar os locais, dar a conhecer a cultura, tradições e costumes da população garífuna do país, que conta com uma história de mais de 200 anos.

O passeio inclui sete municípios passando por Trujillo, Santa Fe, Santa Rosa de Aguán, Iriona, Balfate e Limón no departamento de Colón e Juan Francisco Bulnes em Gracias a Dios.

Além disso, soube-se que no âmbito da conservação e divulgação da cultura e história da rota Garífuna foi criada a comissão interinstitucional permanente de apoio.

Segundo dados da Organização Fraternal Negra Hondurenha e Desenvolvimento Étnico Comunitário, cerca de 500.000 habitantes pertencem à etnia Garífuna neste país da América Central.

Em 2001, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura declarou a língua, a dança e a música desta etnia como Património Cultural Imaterial da Humanidade.