Hotelaria de Abu Dhabi bate recordes

0
230

Estabelecimentos do emirado receberam mais de 1,7 milhão de hóspedes no primeiro semestre, um aumento de 28% sobre o mesmo período do ano passado.

Os hotéis e flats de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, tiveram no primeiro semestre seu melhor desempenho para o período em termos de hóspedes, pernoites e receitas, sendo que a taxa de ocupação chegou a 77%.

Dados divulgados pela Autoridade de Turismo e Cultura de Abu Dhabi (TCA, na sigla em inglês), mostram que mais de 1,7 milhão de hóspedes se registraram nos estabelecimentos hoteleiros do emirado de janeiro a junho, um aumento de 28% sobre o primeiro semestre de 2013.

O número de pernoites nos hotéis foi de quase 5,15 milhões, um crescimento de 22% na mesma comparação, e a taxa de ocupação avançou 8%. As receitas dos hotéis e com aluguel de quartos aumentaram 15% para 3,089 bilhões de dirhans (US$ 841 milhões) e 1,578 bilhão de dirhans (US$ 430 milhões), respectivamente.

“O aumento da ocupação deve ser observado junto com o fato de que o número de hotéis no emirado chegou a 154 em junho, num total de 27.405 quartos, contra 145 hotéis em junho de 2013, com 25.270 quartos”, disse o vice-diretor-geral da TCA, Jasem Al Darmaki. “Durante o mês, houve um aumento considerável de hóspedes vindos dos próprios Emirados, do GCC (Conselho de Cooperação do Golfo), China Rússia, Índia, França, Alemanha e Reino Unido”, acrescentou.

A TCA informou que uma série de fatores influenciou o resultado, como diárias altamente competitivas em média de 348 dirhans, ou apenas US$ 95, o aumento das rotas aéreas com novos voos da Etihad Airways, a companhia local, de Medina, na Arábia Saudita, Jaipur, na Índia, Zurique, na Suíça, e Los Angeles, nos Estados Unidos, e o início de um serviço sem escalas para Brisbane, na Austrália.

“E esperamos ainda mais com a expansão da rede da Etihad em julho para Roma e Perth, na Austrália, e também para Dallas, nos EUA, programada para dezembro”, afirmou Darmaki. Ele estima bons resultados também para o segundo semestre, e que o emirado atinja a meta de atrair 3,2 milhões de hóspedes em 2014.

Entre os eventos que vão o correr até o final do ano e que têm grande potencial de atração de visitantes, o executivo citou o Grande Prêmio de Fórmula 1, a Feira Internacional de Arte de Abu Dhabi e a passagem da Volvo Ocean Race, regata de volta ao mundo, pelo emirado, além de outras feiras, conferências e competições esportivas.

Sobre as origens dos turistas, houve um aumento de 25% no número de visitantes do GCC, bloco que reúne os países árabes do Golfo, 35% da Índia, 26% do Reino Unido e 8% da Alemanha.

*Tradução de Alexandre Rocha

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here