Viaje pelo Brasil: Foz do Iguaçu – PR

0
184

São 275 quedas d’água e um cenário simplesmente deslumbrante. Essa é Foz do Iguaçu, localizada na tríplice fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai. É a terra do Parque Nacional do Iguaçu, tombado pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade. A cidade chega a receber mais de 1 milhão de turistas todos os anos. Possui uma estrutura excelente para o turismo e seus atrativos vão além das cataratas, que por si só já seriam o suficiente para a beleza do lugar.

imgdestino_6_5684

Entre essas atrações está a Usina de Itaipu, uma das maiores do mundo, e o Parque das Aves, um dos passeios obrigatórios de quem chega por lá. Além dessa montanha de coisas pra fazer, Foz do Iguaçu é apaixonante, mas de lá você também pode ir, facilmente, para Ciudad del Leste (Paraguai) e Puerto Iguazu (Argentina). Acredite, você vai ver um dos espetáculos mais lindos da natureza.

Atrações

Parque das Aves: Com área de 17 hectares de mata nativa, abriga mais de 900 aves de 150 espécies. Elas ficam em grandes viveiros, alguns abertos à visitação. No local encontram-se ainda jacarés, tartarugas, serpentes e um borboletário. O parque possui infra-estrutura com estacionamento, lanchonete e loja de souvenires. Endereço: Avenida das Cataratas, km 17. Horário de Funcionamento: diariamente das 8:30h às 17:30h. Ingresso: R$ 18,00.

Ponte da Amizade: Inaugurada em 1965, está localizada no fim da BR-277. A ponte dá acesso rodoviário a Ciudad del Este, no Paraguai, famosa pelo comércio de bebidas, perfumes, eletrônicos e produtos de informática.

Usina Hidrelétrica de Itaipu: Resultado de um acordo entre Brasil e Paraguai, a Hidrelétrica de Itaipu é a maior em operação no mundo. Ela começou a ser construída em janeiro de 1975 e foi aberta à visitação em 1977. Desde então, mais de 10 milhões de pessoas já estiveram no local – atraídas pela imponência da obra e pelo espetáculo das águas. É possível incluir no roteiro de visitas o Refúgio Biológico Bela Vista e o Ecomuseu, ambos mantidos pela empresa. Endereço: Avenida Tancredo Neves, 6.731.

Parque Nacional de Iguaçu: Criado em 1939, tem área de 225 mil hectares e abrange os territórios do Brasil e da Argentina. A maior parte fica no Brasil: 185 mil hectares (dos quais, apenas 5% são aberto à visitação). O principal atrativo são as cataratas, com 275 quedas, que espalham-se pelos territórios do Brasil e da Argentina, ocupando uma área de 2,7 km na fronteira dos dois países. O lugar também impressiona pela beleza da floresta e a riqueza da fauna. São mais de 200 espécies de aves, além de bichos como a onça-pintada, o jacaré-do-papo-amarelo, a capivara e o quati, símbolo do parque. A infra-estrutura comporta até 12 mil visitantes por dia. O parque possui mirantes, elevadores panorâmicos e diversas opções para os amantes da aventura e dos esportes radicais. Endereço: Rodovia das Cataratas (BR-469), km 18. Horário de Funcionamento: Segunda a Domingo: das 9h às 17h. Horário especial de verão: Segunda a Domingo: das 9h às 18h.

foz

Informações

Secretaria de Turismo/Teletur
0800 45 1516
www.iguassu.tur.br

Postos de Informações Turísticas Rodoviária:
(45) 3522-1027

Aeroporto:
(45) 3521-4276

Clima:
O clima de Foz de Iguaçu é subtropical úmido mesotérmico. A cidade possui uma das maiores amplitudes térmicas do estado, com cerca de 11°C de diferença média entre o inverno e o verão. Possui os verões muito quentes, com médias em torno dos 35°C, e os invernos amenos, com possibilidade de temperaturas abaixo de zero. Antes de ir, consulte a previsão do tempo!

Acessos:
Por via rodoviária:
De Curitiba: BR-277.
De São Paulo: BR-116 até Curitiba, depois BR-277.
De Brasília: BRs 050, 497, 153, 369, 376, 373, 277.
De Campo Grande/MS: BRs 163, 277.

Por via aérea:
Vôos regulares saem das principais capitais brasileiras.

Distâncias de Foz do Iguaçu:
Curitiba: 637 km
São Paulo: 1.047
km Rio de Janeiro: 1.472 km
Brasília: 1.573 km
Campo Grande: 776 km

Melhores Épocas
A melhor época para ver as quedas é no verão (Dezembro a Fevereiro), quando as chuvas são rápidas e o volume de água maior.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here