Fórum Executivo ABAV-SP debate NDC com IATA

0
157

A 56º edição do Fórum Executivo Abav-SP, realizado na terça-feira (26/5), em São Paulo, contou com apresentação do country director da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), Carlos Ebner e do Aviation Solution Manager da associação, Jefferson Simões, que puderam debater com os mais de 50 associados presentes os impactos que o New Distribution Capability (NDC) trarão à indústria de viagens e turismo e em especial ao dia a dia das agências de viagens. “No início estávamos temerosos quanto ao NDC, mas hoje acreditamos que ele vem para somar e que trará benefícios para todos. Mas para isso os agentes de viagens precisam entender como ele funciona, para poderem utilizá-lo da melhor forma”, disse o presidente da Abav-SP, Francisco Leme. Além do representante da entidade promotora do evento, o debate contou com a presença do vice-presidente da ABAV Nacional e presidente da Abracorp, Edmar Bull e do diretor executivo da AirTkt, Cássio Oliveira.

Os executivos da IATA explicaram que o NDC vai funcionar como um varejo aéreo, em que todas as companhias aéreas poderão disponibilizar mais informações para a comercialização de seus produtos e serviços. “Trata-se de um novo conceito de dados, que estará disposto dentro de um modelo extremamente amigável e com informações completas e atualizadas”, explicou Simões. Segundo ele, padronizar a indústria trará menor custo, inovação, comparação fácil e interoperacionalidade, entre outros benefícios. Como exemplo, uma agência de viagem poderá utilizar o NDC para encontrar, de forma rápida, diferentes valores de passagens aéreas nas mais diversas companhias, o tipo de poltrona, os serviços agregados, entre tantas outras informações que, atualmente, obrigam o agente de viagens navegar em mais de um sistema para localizá-las.

O projeto-piloto do NDC está em fase de testes desde 2013 e atualmente já é utilizado por 33 companhias aéreas no mundo. Sua entrega ao mercado está programada para acontecer em 2017. No Brasil, as quatro grandes empresas aéreas – Avianca, Azul, Gol e TAM – estão aptas a fazer parte do programa. “Não vamos competir com GDS, pelo contrário, os dados disponibilizados no NDC poderão ser utilizados também pelos sistemas de distribuição”, informou Simões.

“O NDC está aí e temos a convicção de que será muito positivo para o nosso segmento”, avaliou o presidente da ABAV-SP. Segundo Leme, um dos principais objetivos dos fóruns executivos é aproximar os agentes de viagens dos grandes fornecedores do setor, poder dialogar e entender melhor o que está acontecendo no mercado como um todo. “A maioria dos associados da ABAV-SP é composta por pequenas agências, que não tem muitas oportunidades de debater temas de importância ao lado de diretores de grandes empresas. O Fórum Executivo da ABAV-SP proporciona essa interação. Só assim nosso segmento poderá crescer e se manter competitivo nos dias de hoje”, concluiu.

A próxima edição do Fórum Executivo ABAV-SP será realizado dia 23 de junho e terá como convidado o diretor comercial da TAM, Igor Miranda. Desde já, os dirigentes das agências de viagens associadas ABAV-SP interessados em participar podem solicitar reserva de inscrição pelo e-mail jaqueline@abavsp.com.br.

Para mais informações sobre o NDC, a IATA recomenda que os interessados assistam ao vídeos de seu canal no Youtube: www.youtube.com/user/IATAtv

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here