Carnaval 2024: Visit Rio prevê 87% de ocupação hoteleira

0
112

Ensaios técnicos das escolas de samba já agitam a Sapucaí – Foto: Alexandre Macieira/ Riotur

Além dos desfiles e blocos de rua, festas privadas prometem impulsionar economia local

O carnaval carioca anima o setor turístico, que aguarda uma temporada promissora para o período entre a sexta-feira de Carnaval (9) e a quarta-feira de Cinzas (14). Levantamento do Visit Rio Convention Bureau junto a seus associados, prevê uma ocupação média de 87% dos hotéis na cidade no período. Quanto aos pontos turísticos e passeios contratados, a Destinow, plataforma que integra os serviços da cidade e é parceiro do Visit Rio, projeta um aumento de 35% nas vendas na comparação com o ano passado.

Conhecido internacionalmente pelos desfiles das escolas de samba e mais recentemente pelos blocos de rua, o Carnaval do Rio vai contar com mais de 50 festas privadas, oferecendo uma programação diversificada para todos os tipos de foliões.

“O Rio se consolida, cada vez mais, como um dos principais destinos do país para celebração do Carnaval, que exerce um papel crucial no impulsionamento do turismo e no fortalecimento da economia local. Quando a cidade amplia sua oferta de eventos para além das tradicionais manifestações carnavalescas, ela atrai ainda mais visitantes e reforça sua identidade como um destino democrático que acolhe a todos”, disse o presidente-executivo do Visit Rio, Carlos Werneck.

Do samba ao eletrônico

São 453 blocos autorizados pela Prefeitura a desfilarem na cidade, sendo dez megablocos capazes de atrair mais de 100 mil foliões. Entre as festas privadas, o destaque é o tradicional Baile do Copa. A edição de 2024 do evento foi batizada de Extravangarde, tema inspirado nos principais movimentos artísticos vanguardistas do século 20.

Há, no entanto, alternativas para atender a uma variedade de preferências e estilos. No sábado de Carnaval, entusiastas da música eletrônica, por exemplo, podem aproveitar o ElectroCarna, na Gamboa; a Festa Black Eletronic Carnival, no Vivo Rio; ou o Rio Music Carnival, na Marina da Glória. Nos três dias seguintes, a Marina da Glória sedia o Carnaval das Artes, festival de música que conta com atrações como Ludmilla, Péricles e Luisa Sonza, entre outras. A expectativa do evento é receber cerca de 15 mil pessoas por dia.

Antes mesmo do início oficial da folia, a cidade já se rendeu à festa. No início de janeiro, tiveram início os ensaios técnicos das escolas de samba e, no dia 13 de janeiro, os blocos oficiais já desfilavam pelas ruas. Em 3 de fevereiro, no domingo que antecede o Carnaval, o Rio Arena espera receber 15 mil pessoas para o Bloco da Preta. Esse movimento estimula o long stay (permanência prolongada), já que muitos visitantes antecipam a chegada para aproveitar o pré-Carnaval.

Sobre o Visit Rio Convention Bureau

É uma fundação privada reconhecida como entidade de utilidade pública e sem fins lucrativos. Tem como missão estimular e incrementar o fluxo e permanência de turistas no Rio de Janeiro, além de atrair a realização de congressos e eventos de natureza técnica, científica, cultural e esportiva, tanto nacionais quanto internacionais. Com o objetivo de promover o desenvolvimento da economia local, a entidade visa garantir o crescimento dos negócios de todos os seus associados, que compreendem empresas do setor de turismo da cidade.