Vai para Bangcoc? Informe-se!

0
388

Com nove milhões de habitantes, a cidade tem um trânsito tão caótico quanto o de São Paulo. O tráfego preferencial e a direção dos carros são do lado direito, como na Grã-Bretanha. Para dirigir em Bancoc, turistas estrangeiros precisam apresentar carteira de motorista internacional e ter muita paciência. Os engarrafamentos são comuns em toda a cidade, e, especialmente nos horários de chegada e de saída do trabalho, motoristas podem ficar parados em enormes filas de carros por mais de uma hora.

Bancoc oferece linhas de metrô subterrâneo e superficial, ônibus comuns e com ar-condicionado, cerca de 30 mil táxis e tuk-tuks, milhares de motocicletas e centenas de barcos e ferryboats que percorrem o Chao Phraya River – maior rio da Tailândia, com 370 quilômetros de extensão, 150 metros de largura e 15 metros de profundidade. O rio corta toda a cidade. Tailandeses e turistas usam os serviços do Chao Phraya Express Boat para ir de um bairro a outro, a preços semelhantes ao de uma passagem de ônibus.

Como chegar

Avião

Não há voos diretos do Brasil para Bancoc. Para chegar até lá, é preciso trocar de avião na Europa, África ou Ásia. Os melhores voos são os que fazem conexões em Paris (França), Londres Inglaterra), Zurique (Suíça), Amsterdã (Holanda) e Frankfurt (Alemanha). Rotas que incluem Dubai (Emirados Árabes) ou países africanos são mais cansativas para o passageiro, por causa do tempo de vôo e do fuso horário. Quem escolhe ir via Dubai, por exemplo, fica 14h40 na primeira parte do voo.

A viagem começa no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, e tem, em média, 22 horas – 11 horas até a Europa e mais 11 até Bancoc. O tempo de espera entre um voo e outro, nos aeroportos internacionais, varia de acordo com as datas da viagem e a companhia escolhida.

Nos horários de pico (das 7h30 às 9h30, das 12h às 14h e das 17h30 às 19h), a corrida de táxi do aeroporto ao centro pode durar até uma hora. Nos demais horários, o trajeto é normalmente feito em menos de 30 minutos. O melhor caminho é pela Highway 7 (Bangkok-Chon Buri Motorway).

Quem optar por táxi deve preferir as companhias que têm estandes dentro do aeroporto. Lá, paga-se preço fixo e com nota fiscal. Há também opções de aluguel de limusines e shuttle services – tudo dentro do aeroporto, no andar de desembarque. Além disso, vários oferecem o serviço airport express – traslado gratuito.

O “Airport Shuttle Bus” leva turistas gratuitamente até os terminais rodoviários e até o centro de aluguel de carros. Pelo menos 11 linhas de ônibus incluem o aeroporto em seus roteiros. Hotéis localizados a menos de 10 km do aeroporto costumam oferecer shuttle (transporte particular) gratuito para hóspedes. Para alugar um carro em Bancoc, estrangeiros têm de apresentar carteira de motorista internacional e documento de habilitação de seus países de origem.

Qual a melhor época para ir?

A cidade tem clima quente e úmido, com temperaturas que variam de 23 a 35 graus centígrados. Apesar do calor e da umidade relativa do ar batendo em 77%, não se pode deixar de lado as calças compridas, saias e vestidos longos.

A melhor época para visitar Bancoc é de novembro a fevereiro, quando as temperaturas são mais amenas e não há mais risco de chuva. Quem escolhe os meses de agosto e setembro para fazer a viagem deve levar guarda-chuva e agasalho impermeável.

Informações úteis

Site do país: www.thaigov.go.th

Site de turismo do país: www.tourismthailand.org

Site de turismo da cidade: www.bangkoktourist.com

Embaixada Brasileira em Bancoc: Lumpini Tower, 34° andar, 1168/101 Rama IV Road – Thungmahamek, Sathorn Bangkok 10120 – Thailand Tel: 66 (2) 679-8567 / 8568 www.brazilembassy.or.th

O setor consular da embaixada brasileira em Bancoc está aberto ao público de segunda a quinta-feira, das 9h30 às 12h30 e das 14h30 às 16h30. Sexta-feira, das 9h30 às 13h. Em casos de emergência, a embaixada atende nos fins de semana, feriados e dias úteis, pelo celular 66 (81) 906-4238. Quem liga de Bancoc deve discar 0 + 81 + 906-4238.

Idioma: Tailandês é o idioma oficial, e inglês faz parte do currículo escolar. Nos pontos turísticos, lojas e restaurantes mais sofisticados de Bancoc, funcionários falam inglês. Hotéis de luxo e de categoria média costumam dar aos hóspedes um cartão que traz uma lista com os pontos turísticos mais visitados em Bancoc. Turistas só têm de marcar um “X” no local de destino e entregar ao motorista. Os tailandeses ficam felizes de ouvir turistas falarem seu idioma. Vale aprender pelo menos duas palavras na língua nativa: “Kob Khun” (Obrigado) e “Sawad Dee” (Olá).

Fuso horário: 10 horas na frente do horário de Brasília. Quando o Brasil entra no horário de verão, a diferença cai para 9 horas.

Informações turísticas

 Em Bancoc, a central de atendimento ao turista funciona das 8h às 20h, pelo telefone 1672 (ligação paga). Além do escritório central, há alguns pontos de informação na cidade como o da 1600 New Phetburi Road, Makkasan, Rajatevee, tel: 66 (2) 250-5500, e o da Sipraya Road, Samphanthawong District, tel: 66 (2) 233-5701. Os escritórios e estandes fecham aos fins de semana e feriados.

Visto: Turistas brasileiros não precisam de visto para entrar na Tailândia. Oficiais de imigração costumam carimbar os passaportes brasileiros com permissões de estadia de até três meses.

Vacina: Brasileiros precisam se vacinar contra a febre amarela pelo menos dez dias antes da entrada em Bancoc. O certificado deve ser de âmbito internacional (em papel amarelo-alaranjado).

Controle de imigração: Antes de passar pelos oficiais de imigração de Bancoc, brasileiros devem procurar o serviço de saúde do aeroporto e apresentar comprovante internacional de vacina contra a febre amarela. Fica no mesmo andar da imigração e há sinalização que indica o local. O funcionário do posto confere o documento e preenche um formulário que deve ser entregue a um oficial da imigração, juntamente com o formulário de entrada no país e o passaporte.

Moeda: Baht é a moeda oficial da Tailândia. A cotação pode ser obtida no siteeconomia.uol.com.br/cotacoes.

Gorjetas: O hábito de dar gorjetas não faz parte do dia-a-dia dos tailandeses. A gratificação não é obrigatória ou esperada. Turistas costumam dar entre 5 e 10 Bahts para taxistas e 10% sobre o valor da conta de restaurantes e bares aos garçons.

Telefones úteis

Emergências: 191

Bombeiros: 199

Polícia turística: 1155

Voltagem e tomadas: 220 volts. Alguns locais usam o sistema europeu, com tomadas de dois pinos redondos. Outros têm o sistema japonês, com dois pontos achatados.

O que não pode faltar na minha bagagem: Bancoc não requer itens especiais. Tenha roupas leves, um agasalho para a noite, protetor solar e repelente. Nos locais em que os tailandeses consideram sagrados, especialmente no Palácio Real e no Templo do Buda de Esmeralda, saias e calças acima do tornozelo não são permitidas. Decotes exagerados também devem ser evitados. Para as mulheres, uma boa opção é levar uma canga na bolsa. Pode ser usada como saia ou xale.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here