TURISMO É A PRINCIPAL MOTIVAÇÃO PARA BRASILEIROS APRENDEREM NOVOS IDIOMAS

0
242

Com o início de mais um semestre letivo, a procura por cursos de idiomas tende a aumentar, com isso, as plataformas online se tornam alternativas para quem deseja incrementar os estudos ou para aqueles que têm pouco tempo. O busuu, maior rede social do mundo para aprendizagem de novas línguas, com mais de 45 milhões de usuários, fez um levantamento para definir o perfil dos brasileiros que procuram essas ferramentas de ensino. Surpreendentemente, a principal motivação para iniciar as lições são as viagens, de acordo com 46% dos entrevistados.

As razões culturais e o interesse em determinados países são motivações para 41% dos estudantes. Já trabalho vem em terceiro lugar. De acordo com pesquisa da Catho, profissionais que conhecem outra língua têm salários 51,89% mais altos que os demais. Mas embora dominar outro idioma seja determinante para a carreira, 36% dos alunos iniciam os estudos por esse motivo.

A pesquisa, feita com 4 mil usuários do busuu, revela que mais de 40% desses estudantes têm entre 25 e 34 anos. Para mais de 80% deles, estudar online é a melhor opção porque o conteúdo pode ser acessado de qualquer lugar, em qualquer horário. Quase 60% dos alunos prefere a ferramenta porque é possível interagir com falantes nativos.

O busuu disponibiliza lições de forma gratuita e também em uma versão premium. Para os que utilizam a plataforma gratuitamente, as principais dificuldades para continuar os estudos são dinheiro (56,9%) e pouco tempo disponível (45,5%). Os que optam pelo conteúdo pago tem como obstáculos a falta de tempo (49,7%) e a falta de motivação (42,1%).

De acordo com Bernhard Niesner, CEO e Co-Fundador do busuu, o Brasil é um mercado promissor para o ensino de idiomas. “Os brasileiros realmente têm interesse em aprender outras línguas e o recente boom do turismo internacional reforça isso. Nosso objetivo principal é manter a motivação dos alunos e, por isso, apostamos na personalização do curso, de forma a atender as necessidades dos usuários, seja por motivo de viagem, interesse cultural ou profissional”, explica Niesner.

Sobre o busuu

O busuu foi fundado por Bernhard Niesner e Adrian Hilti no início de 2008, com a missão de transformar a forma como as pessoas aprendem idiomas. Situado no coração da Tech City de Londres, busuu oferece uma plataforma integrada, presente em diversos meios e em constante evolução para atender às demandas de uma população mundial com cada vez mais mobilidade. Vencedor da ‘Melhor Start-up de educação’ no Europas TechCrunch Awards em 2011 e CeBIT Prêmio de Inovação em 2010, busuu não para de crescer. Recentemente, fechou parceria com a gigante de educação Pearson para oferecer o certificado gSet de proficiência em Inglês aos seus usuários.

Com mais de 45 milhões de usuários, o busuu é a maior rede social para aprendizagem de línguas do mundo. A cada dia, cerca de 40 mil pessoas começam a estudar através da ferramenta. Disponível pela internet e em aplicativos para celular, o busuu oferece assinaturas gratuitas e premium com acesso a cursos audio-visuais de 12 idiomas.

A plataforma incentiva a aprendizagem colaborativa, oferecendo a oportunidade única de aprender idiomas pela prática da audição, escrita, leitura e fala, com a ajuda de uma crescente comunidade de falantes nativos. Desta forma, cada usuário busuu é, além de estudante de uma língua estrangeira, tutor de sua própria “língua materna”.

A empresa tem o nome do idioma Busuu, falado em Camarões. De acordo com um estudo etnológico da década de 1980, busuu é falado por apenas oito pessoas.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here