Primeiro quadrimestre de 2015 foi positivo para o Iguassu Convention & Visitors Bureau

0
135
Se o cenário nacional aponta uma recessão, para o Destino Iguaçu isso é motivo de mais trabalho. Durante o primeiro quadrimestre do ano – janeiro a abril – o trabalhado do Iguassu Convention & Visitors Bureau – ICVB se intensificou para que essa esperada baixa não traga reflexo à região trinacional. Em apenas quatro meses de 2015, a entidade já captou nove eventos; realizou 13 participações em feiras e eventos nacionais e internacionais cooperando com a Secretaria de Turismo e Itaipu e em consonância com a Gestão Integrada do Turismo de Foz; já realizou treinamentos para mais de 700 agentes de viagens para melhorar as vendas desses profissionais com relação ao Destino Iguaçu.

Para fazer um panorama da importância dessas ações, somente na área de eventos, os captados até aqui serão responsáveis por uma injeção na economia local e regional de R$4.312.000,00 – valor que leva em conta a estimativa de gasto médio diário do turista de eventos no Brasil. Previstos para acontecer entre 2015 e 2018, a estimativa é de que estes eventos tragam mais de 10 mil pessoas para o Destino Iguaçu. Movimento que causará impactos em diversos segmentos relacionados ao turismo e prestadores de serviços.

Basileu Tavares, gerente Executivo do ICVB, avalia que esses números apresentam a força de um CVB que trabalha em prol do associado. “Desde o início do ano, a exemplo do que foi nos anos anteriores, trabalhamos fortemente na prospecção de novos eventos para a cidade. Temos um Destino dotado de uma excelente infraestrutura e queremos que o maior número de organizadores de eventos, associações e entidades de classe tenham isso em mente na escolha de uma sede para seus congressos, feiras e eventos de qualquer porte”.

Turismo de Lazer
Já na área de Visitors – voltada para o turismo de lazer -, junto a Gestão Integrada o ICVB já participou de 13 feiras e eventos, sendo seis internacionais e sete nacionais. Essas participações visam apresentar um destino diversificado e com uma série de atratividades e roteiros que podem variar de três a sete dias. São nessas atividades que a estratégia institucional do Destino Iguaçu se une a presença e o trabalho de representantes de empresas locais na promoção.

Outra atividade com a participação direta do ICVB é a capacitação de agentes de viagens. Somente em 2015, essas ações já somam aproximadamente 700 agentes capacitados diretamente. Esse modelo de atividade acontece de forma integrada e busca envolver entidades e representantes do setor privado do turismo.

Para Fernando Martin, Presidente do ICVB, esse é o papel da instituição (ICVB), gerar oportunidades para seus associados e consequentemente para o setor turístico do Destino. “Se em 2015 uma crise se desenha, nosso papel é trabalhar ainda mais para que seu reflexo seja o menor possível. E isso, estamos fazendo. Nossos números até aqui, apontam para um trabalho consistente, focado no resultado e estruturado nas necessidades de nossos mantenedores. Como entidade, estamos confiantes que fecharemos 2015 com um saldo positivo e com um setor muito mais fortalecido”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here