Brasileiros lançam aplicativo sincero para os turistas da copa

0
283

“Brazil for real” não mostra pontos turísticos, nem dicas de restaurantes. O app mostra aos estrangeiros a realidade brasileira nua e crua com dicas para uma viagem segura e bem realista

Esqueça tudo que já foi feito em termos de aplicativos turísticos. Não se trata de um guia de restaurantes, nem hotéis ou dicas de passeios. Chega às lojas da Apple e Samsung o app “Brazil For Real”, desenvolvido por brasileiros para garantir segurança e tomadas de decisões inteligentes diante de situações complicadas para turistas durante estadia no país.

Totalmente em inglês, o app criado pela empresa Dopamina, mostra aos estrangeiros a realidade brasileira nua e crua. “Nunca deixe sua mala no chão do aeroporto”, “prostituição no Brasil é crime e dá cadeia”, “Caso se envolva em briga ou sofra violência, procure a delegacia”, entre outras orientações, como direção de delegacias por GPS, telefones úteis para socorro, serão fornecidas a todos os turistas que baixarem o app. “Nosso objetivo é orientá-los para que não passem nenhum tipo de ‘perrengue’ enquanto estiverem no Brasil” explica Leonardo Corvo, idealizador do ‘Brazil For Real’. “Muitos estrangeiros chegam com a ideia equivocada de que o Brasil é uma terra sem leis e que tudo será uma farra sem consequências. Precisamos mostrar que não é bem assim. Temos leis e o turista pode entrar em confusão e ter muita dor de cabeça”.

 O aplicativo consiste basicamente em demonstrar com sinceridade aos turistas como as coisas funcionam no Brasil. Não há informações comerciais.

 “Brazil for Real” é um aplicativo para todos aqueles turistas que querem se sentir seguros durante a estada no país. De instruções no aeroporto até prostituição e drogas, o app faz um apanhado geral do que pode acontecer com o turista e o aconselha em todas as situações. “Por exemplo, se o turista quebrar o pé, nós aconselhamos a não ir aos hospitais públicos e fornecemos a geolocalização dos principais hospitais particulares de cada cidade” explica Leonardo. “Caso o turista entre em uma briga de rua e vá para a delegacia nós disponibilizamos também as delegacias mais próximas dele e as embaixadas e consulados” complementa Leonardo.

O aplicativo fornece informações sobre locais perigosos de cada cidade, o que fazer e não fazer em situações de brigas, assaltos, prostituição, drogas, hospitais, transportes, para que o turista tenha em mãos informações relevantes durante sua estadia no Brasil. “O Brasil não deixou de ser perigoso.” diz Leonardo. “Não falamos mal do Brasil, falamos ‘na real’ sobre o país por uma questão de segurança”.

A ideia

Tudo começou quando Leonardo viu uma na BBC de Londres, na qual uma equipe veio ao Brasil para mostrar o que o nosso país está preparando para os britânicos. “Sem mais nem menos, eles filmaram traficantes no morro do Rio de Janeiro refinando cocaína. Fiquei em choque e envergonhado. Por isso, criei o app, para orientar a não subirem morros para usar drogas, não pegar meninas na rua, mostrar que prostituição é crime entre outras informações de extrema relevância”.

O aplicativo é gratuito e já pode ser baixado em Iphone e Android através das lojas Apple e Samsung.

Mais Informações: www.dopamina.com.br

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here