Caos aéreo: greve de pilotos faz companhia europeia entrar com pedido de recuperação judicial

0
86

Melhores Destinos – A Scandinavian Airlines System (SAS) entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos, após seus funcionários anunciarem uma greve na segunda-feira, 4 de julho. O fato deve piorar ainda mais o caos aéreo na Europa.

De acordo com o site do Washington Post, o presidente executivo da empresa, Anko van der Werff, confirmou que a greve acelerou o processo de recuperação judicial, mas que as dificuldades financeiras enfrentadas nos últimos meses por causa da pandemia também foram um fator decisivo.

A decisão da SAS de entrar com o pedido de proteção contra a falência no “Chapter 11”, a lei de falência dos EUA, é para que a empresa ganhe tempo para se reorganizar e negociar os seus compromissos. O objetivo é conseguir com credores um financiamento de US$ 700 milhões de financiamento para ter fluxo de caixa, além de avançar no plano de transformação SAS Forward, que prevê uma transformação da frota e redução das dívidas.

 Caos aéreo na Europa

Apesar de a empresa dizer que vai seguir cumprindo seus compromissos durante o processo, estima-se que a greve dos funcionários, de cerca de 900 pilotos na Dinamarca, Suécia e Noruega, leve ao cancelamento de 50% dos seus voos, impactando cerca de 30 mil passageiros por dia.

Bem no meio das férias na Europa, essa é uma notícia que vai atrapalhar muita gente, aumentando ainda mais o caos nos aeroportos

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here